[ Idiomas > Apresentação > Raças > Oriental Shorthair ]

Padrões de Raça Para Julgamento: Oriental Shorthair


PONTOS
Cabeça 20
Longa, Achatada 5
Cunha, Focinho Fino 6
Orelhas 4
Queixo 3
Largura entre olhos 2
Olhos 10
Corpo 30
Estrutura 12
Tônus Muscular 10
Pernas/Pés 4
Cauda 4
Pelagem 08
Cor 22
Cor do Corpo 8
Se com Marcações  
Corpo 4
Marcação 4
Cor dos Olhos 6
Condição 10

Generalidades: O exemplar ideal é de um tamanho médio, esbelto;um gato fino com linhas cônicas e alongadas.Bem tubular mas musculoso. Os machos podem ser proporcionalmente maiores do que as fêmeas.

Cabeça: De tamanho médio, com boa proporção em relação ao corpo alongado; cuneiforme. A cunha começa no nariz e alarga-se em linhas estreitas até a base das orelhas em formato de sino, formando um triãngulo sem interrupção até a altura dos bigodes. Quando os bigodes estão levemente voltados para trás, a linha básica da estrutura óssea é evidenciada. É permitida bochecha em gatos padreadores.

Esqueleto: Achatado no perfil. Uma longa e estreita linha é vista do topo da cabeça até a ponta do nariz. Sem protuberâncias sobre os olhos ou afundamento no nariz.

Orelhas: Extremamente larga, ponteada, larga na base, formando um sino, dando continuidade as linhas da cunha.

Olhos: Os olhos são de tamanho médio, com formato amendoado, tendendo para a direção, com o canto externo alinhado com o meio da orelha, embora com uma largura não inferior que a distância entre os olhos. Não são permitidos olhos vesgos.

Cor dos Olhos: Verdes. Orientais brancos podem ter olhos azuis, verdes ou ímpares (um azul e outro verde.

Nariz: Longo e reto, uma continuação da testa, formando um perfil afilado e harmonioso sem interrupções.

Focinho: Fino, de tamanho médio, em forma de cunha, sem reentrância na altura dos bigodes. O focinho eleva-se na cunha, na altura do nariz, ficando em linha com a mesma.

Queixo e Mandíbula : Médio no tamanho, a ponta do queixo alinha-se com a ponta do nariz no mesmo plano vertical. Sem ser recuado ou excessivamente forte.

Pescoço: Comprido e fino, em boa proporção com o corpo.

Corpo: Longo e esbelto, com uma ossatura caracteristicamente fina e sólida, musculoso, estrutura compacta, produzindo uma aparência tubular. Quadris e ombros com a mesma largura, gerando a mesma aparência lisa e tubular. Tamanho médio. Machos podem ser maiores do que as fêmeas.

Pernas: Longas e magras, ossatura fina, sendo que as pernas traseiras são mais altas que as dianteiras. Sólidas e elegantes tanto na visão como no tato, com boa proporção em relação ao corpo.

Patas: Delicadas, pequenas e com formato oval. Os dedos deverão ser cinco nas patas dianteiras e quatro nas traseiras. As “almofadas” das patas deverão coincidir com a coloração do corpo.

Cauda: A cauda é longa, estreita na base e afilando em direção a ponta.Sem torções visíveis. Nódulos perto ou no final da cauda são depósitos de cálcio os quais são faltas genéticas. Depósitos de cálcio somente serão considerados nos casos de empate.

Pelagem: Curta, de textura agradável, brilhante, e bem rente ao corpo.

Condições: Excelente condicionamento físico, olhos limpos e brilhantes. Musculoso, forte e mesmo assim, ainda gracioso e elegante na aparência. Sem obesidade, flácido ou esquelético.

Cores Permitidas: Todas as cores geneticamente possíveis.

Desclassificações: Qualquer evidência de doença ou saúde debilitada. Respiração bucal devido à obstrução nasal ou baixa oclusão. Emagrecimento. Estrabismo. Nó visível.

[ voltar ]